Guerrón a caminho da Ilha do Retiro

O Sport já tinha confirmado interesse na contratação do atacante equatoriano Guerrón, que seguia encostado e com futuro incerto no Atlético Paranaense.

A diretoria rubro negra afirmou que qualquer acerto só seria feito após o aval de Mazola Júnior e da comissão técnica, que foi dado na entrevista onde o treinador disse:  Guerrón é um otimo jogador, um bom nome. Imagina um ataque com Guerrón e Jael? Poderoso. Por mim, ele está aprovado. Agora é com a diretoria.

E essa semana um representante da diretoria do Leão esteve em Curitiba para fechar a contratação do estrangeiro.

Guerrón já deu entrevistas mostrando vontade de deixar o Atlético, o que poderia facilitar as negociações e como o a diretoria do Furacão mostrou  interesse no jovem arqueiro Saulo,que teria sido usado como moeda pelo Sport na contratação do atacante que já pode estar fechada.

O atacante tem 26 anos, defende a seleção equatoriana desde 2007 e é um jogador de renome internacional. Teve seu melhor momento na LDU, em 2007 e 2008, quando foi campeão nacional e da Libertadores. A histórica campanha e as boas atuações lhe renderam uma transferência para o Getafe (ESP), mas ele acabou não vingando no futebol espanhol. Está no Atlético-PR desde 2010 e já passou por clubes como Cruzeiro e Boca Juniors.

 

Mazola firme e forte, Santa Cruz 1 x 3 Sport

Dois clássicos. Os dois adversários mais fortes do campeonato. Duas vitórias. O Sport de Mazola pode não encantar, pode ser avacalhado pela imprensa, mas cresce no momento certo, de decisão.

O jogo começou pegado, como geralmente todo clássico das multidões é. O juiz cansou de dar faltinhas bobas, não deixava a partida correr, o que travou demais nos quinze primeiros minutos.

Como era de se esperar, Everton Sena marcando Marcelinho PB até em tiro de meta. Isso dificultou a saída de bola do Sport, que apostou em muito em lançamentos para tentar fugir da marcação. Passado esse momento de reconhecimento de adversário, o começou a surgir a figura de Rivaldo. O mais lúcido do meio campo e melhor da partida começou a aproveitar os espaços deixados pela marcação cerrada em Marcelinho. Lançou, driblou, foi ao fundo, cruzou. Numa dessas bolas, ele lançou Marquinhos PR, que colocou com a mão na cabeça de Jheymi.

Ele cabeceou como manda o script: com força, para o chão. 1×0. Todo o esquema preparado por Zé Teodoro desde o ano passado ruiu. Tendo que sair para o jogo, o time do Santa perdeu o maior trunfo: jogar na retranca pra sair no contra-ataque. Segundo tempo, o Sport jogou segurando o jogo, controlando o ritmo para matar o jogo. O Santa não conseguia entrar na área do rubro-negra, que tinha no lado esquerdo a sua válvula de escape. Renê e Rivaldo revezavam boas tabelas, e numa delas Rivaldo driblou e colocou com açúcar e com afeto para Marquinhos PR. O volante deu uma clássica furada, para o toque na bola foi suficiente para tocar em Everton Sena, o carrapato, e sobrar limpa para Marcelinho PB enfiar o sapato e estufar as redes. A partir daí, o Santa se perdeu na marcação do Sport. Tentava de fora da área, mas nenhuma com grande perigo. Num contra-ataque, Jheymi deixou Milton Jr na cara do goleiro para fazer o 3×0. A partir daí, o Sport relaxou e passou a esperar o tempo passar, chamando o Santa pra cima, que ainda diminuiu com André Oliveira aos 44 do segundo tempo. Vitória sacramentada. A hora agora é acalmar os ânimos. Cabe à diretoria do Sport encerrar as polêmicas sobre treinador, referendar o trabalho de Mazola e deixar o homem trabalhar.

Willians não interessa mais ao Sport

O atacante Willians, vilão da torcida, não faz mais parte dos planos da direção rubro-negra e já foi comunicado que irá treinar em separado até que um clube se interesse no atleta. O atacante ainda teria mais dois anos de contrato com o Sport e multa acima de R$ 70 mil. Hostilizado pela torcida e reprovado em absoluto pelos dirigentes, que não suportavam mais sua forma em campo e sua postura às criticas e cobranças.
Contratado no ano passado com o estofo de um dos principais reforços da temporada, Willians teve um bom começo com a camisa do Leão, mas depois mergulhou numa má-fase que parece interminável e cômoda.

Outro na agulha para seguir o mesmo destino é o lateral-direito Moacir.

Jael e Edcarlos regularizados

 

 

 

 

 

 

 

 

O técnico Mazola Júnior ganhou dois reforços para a disputa do Campeonato Pernambucano e para o clássico contra o Santa Cruz, que será disputado nesta quinta-feira. Tratam-se do atacante Jael e do zagueiro Edcarlos, que tiveram oO técnico Mazola Júnior ganhou dois reforços para a disputa do Campeonato Pernambucano e para o clássico contra o Santa Cruz, que será disputado nesta quinta-feira. Tratam-se do atacante Jael e do zagueiro Edcarlos, que tiveram os seus nomes publicados no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira na noite desta quarta e já estão aptos para entrar em campo.s seus nomes publicados no Boletim Informativo Diário da Confederação Brasileira na noite desta quarta e já estão aptos para entrar em campo.

Separadas por apenas 40 anos

Quarenta anos de diferença.

Do histórico clube em preto e branco ao ousado projeto em três dimensões.

Foto de 1971 e design elaborado em 2011.

O prédio da sede será mantido numa remodelagem da arena. Exigência da torcida.

A foto acima foi publicada na revista Placar e encontrada pelo site Futuro Sport.

O mesmo Sport Club do Recife nas duas imagens, mas com realidades bem distintas.

Desde que a imagem abaixo deixe de ser um arquivo 3D…

Além da Arena do Sport, a Engevix vai construir a fábrica da Fiat, e arrematou 2 aeroportos

Dá para imaginar a alegria e o otimismo que vive o presidente do Sport, Gustavo Dubeux, em relação à construção do novo estádio, que está previsto para começar no final deste ano.

Afinal de contas, a empresa Engevix, que fechou a parceria com o clube para a construção e gerenciamento do estádio, mostra sua força financeira nos noticiários  de economia do Brasil.

Depois de arrematar o aeroporto de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, e ser anunciada como a empresa que vai construir a fábrica da Fiat, em Pernambuco, a Engevix aparece com a empresa que arrematou o aeroporto de Brasilia, por R$ 4,5 bilhões.

Para Dubeux, uma grande notoriedade. Afinal, o clube está fechada com uma empresa que tem força no mercado.

Para os opositores (pois é, ainda existem o que não querem ver o clube se modernizar), um argumento a menos.

fonte: blogdotorcedor

Jael espera virar ídolo no Sport

O atacante Jael foi apresentado nesta terça-feira como novo jogador do Sport. É o quinto atleta da posição na Ilha do Retiro. O Cruel, como o atleta é conhecido, vem para suprir a ausência histórica de um ídolo artilheiro defendendo as cores do Leão.

- Todo mundo fala sobre a pressão da camisa nove do Sport, mas o torcedor tem que entender que não sou Cristiano Ronaldo, Messi ou Neymar que fazem gol em todas as partidas. Gosto de pressão e espero marcar os meus – explicou Jael.

Com contrato de dois anos, Jael vem de uma temporada sem muitas oportunidades no Flamengo. Apesar de ter marcado duas vezes na estreia do Urubu no Campeonato Carioca 2012, diante do Bonsucesso, o atacante estava em segundo plano na Gávea com o retorno de Vágner Love.

- Estou vindo para o Sport por causa da seriedade do projeto do clube. No Flamengo, vinha desgastado desde o final do ano passado. Estava treinando bem, mas não tinha oportunidade. Depois que tive uma ótima pré-temporada, me frustrei. Agora é esquecer o Flamengo. Se não joguei, fazer o que? Flamengo é passado – afirmou.

- Estou bem, joguei duas partidas e estou pronto para jogar. Espero virar ídolo aqui no Sport. Quando estou dentro de campo, luto sempre e tentando melhorar, nunca ficando satisfeito. Sei o que é vestir uma camisa do peso do Sport. É uma torcida que cobra resultados. Espero me entrosar rapidamente com os meus companheiros e entrar para brigar por títulos – finalizou Jael.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.